«A informação é uma guerra, uma guerra entre modelos sociais. Entre os defensores de um mundo desigual, injusto, governado por depravados e autênticos terroristas que impõem a sangue e fogo um modelo económico que condena à morte milhares de pessoas em todo o mundo, e aqueles que decidem estar ao serviço dos grupos, movimentos, intelectuais e outros lutadores, que todos os dias arriscam a vida a defender outro modelo de mundo possível.»
Pascual Serrano - José Daniel Fierro

REFORMAS E BAIXAS MÉDICAS EM PORTUGAL - escândalos!

__

COMER E CALAR! - até quando?


___________________________

sábado, janeiro 06, 2007

Lisboa-Dakar, ou a morte ao virar da curva


Não aprecio provas nem notícias sobre automobilismo, mas não nego que, de vez em quando, as vejo e ouço na televisão.

Foi o caso da reportagem onde apareceu o jovem Hugo Filipe (33 anos) e seu pai (invisual), a tratarem de carros destinados ao rali Lisboa-Dakar. E que foram entregues dentro do prazo.

Ao ler, ontem, um blogue amigo, fiquei seriamente chocado por saber da morte daquele jovem que ajudou a "recuperar" o seu pai para a vida activa, arrancando-o do isolamento da sua cegueira.

Foi através da televisão que o conheci e, noutro écran soube, não muitas horas depois, da sua morte, na flor da idade. Foi traído pelo coração.

Coração que não suportou o esforço suplementar requerido ao corpo, que irrigava, e julgado necessário para cumprir o prazo de entrega das viaturas.

Pai e filho deram uma prova de grande responsabilidade e profissionalismo.

Mas o Hugo Filipe descurou, talvez mais que seu pai, sem querer, o fundamental: A sua própria vida!

Faço votos para que o pai do Filipe mantenha a coragem que a mim certamente me faltaria, perante tamanho infortúnio.

8 Comments:

At sábado, janeiro 06, 2007 1:51:00 da tarde, Blogger CORCUNDA said...

Uma notícia triste numa altura que se pretendia de alegria. Infelizmente a vida faz-nos destas partidas quando menos esperamos.
Um abraço.

 
At sábado, janeiro 06, 2007 3:31:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

É realmente um acto de coragem e de força :)

Bfds **

 
At sábado, janeiro 06, 2007 3:54:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

soube-o através do seu primo que me disse: excesso de trabalho. Um mês de atraso para os carros chegarem. Vou para o funeral. Tinha 33 anos.

Excesso de trabalho para glorificar um país e o seu profissionalismo por alguém ser responsavel pelo atraso dos carros.

A vida não faz destas partidas. Foi excesso de trabalho. Três semanas a trabalhar dia e noite.

Por culpa de alguém. O corpo humano não aguenta. O coração é uma máquina como outra qualquer que num determinado momento falha.

Espero que o pai faça o que eu provavelmente faria: continuar para honrar o filho e não ter uma morte em vão

bom fim de semana

 
At sábado, janeiro 06, 2007 6:00:00 da tarde, Blogger o alquimista said...

Olá amigo, obrigado pela visita, deu-me opertunidade de vir ao seu interessante espaço ao qual voltarei, quanto à s sensuras no referido blog já as vi e não passam de anormalidaes de gente pequenina...

Abraço

 
At domingo, janeiro 07, 2007 1:59:00 da manhã, Blogger miguel.co said...

A morte de alguém que amamos é a prova mais violenta e absurda que um ser humano tem que um dia enfrentar. Eu que o diga, essa dor sim, foi uma grande partida que a vida me pregou.
Força (a possivel) para o pai e restante família.
E um abraço ao Zé e ao Tiago.

 
At domingo, janeiro 07, 2007 10:59:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Gracias Zé lérias por tus palabras.

No me gustan las competiciones, donde se juegan la vida, para demostrar qué?

¿Sabes? entre tus películas favoritas, he visto tres de las que más me han gustado a mí: "Alguien voló sobre el nido del cuco". (Nicholson). "Bailando con lobos"(Kevin C.) y "el silencio de los inocentes"

Tambien entre los libros , que más me gustan, está "El evangelio segun..(De SARAMAGO). IMPACTANTE! Y es que J. Saramago es de lo más profundo que hay en la actualidad.

Bueno pues que sigas siendo, "ni tan bueno como dicen, ni tan malo como piensan" jeje... Esa frase hizo que te pusiera entre mis favoritos. ¡Es genial!

Um abraço

 
At domingo, janeiro 07, 2007 12:14:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Dramatizante.

Abraço.

 
At segunda-feira, janeiro 08, 2007 12:51:00 da manhã, Blogger Zé Lérias said...

"Faleceu nesta madrugada, dia 4 de Janeiro, na sua residência sita na localidade de Paradinha - Serra, o mecânico da equipa tomarense que participa no Rali Lisboa-Dakar
O corpo do jovem mecânico (de 33 anos) foi transportado pelos Bombeiros Municipais de Tomar para os serviços de Medicina Legal no Hospital de Tomar.
Hugo Filipe é filho de um mecânico invisual, que recentemente foi destaque na Comunicação Social local, regional e nacional, a sua morte prematura deixou desamparada mulher e uma filha menor, e segundo o autarca da Serra, Carlos Nunes, pode mesmo ter posto em risco o funcionamento de uma das mais conceituadas oficinas de mecânica da região.

M. Subtil "
http://www.radio.cidadetomar.pt/noticia.php?id=3726

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home