«A informação é uma guerra, uma guerra entre modelos sociais. Entre os defensores de um mundo desigual, injusto, governado por depravados e autênticos terroristas que impõem a sangue e fogo um modelo económico que condena à morte milhares de pessoas em todo o mundo, e aqueles que decidem estar ao serviço dos grupos, movimentos, intelectuais e outros lutadores, que todos os dias arriscam a vida a defender outro modelo de mundo possível.»
Pascual Serrano - José Daniel Fierro

REFORMAS E BAIXAS MÉDICAS EM PORTUGAL - escândalos!

__

COMER E CALAR! - até quando?


___________________________

terça-feira, novembro 28, 2006

O "Bullying"




Defendamos o que defendermos em termos ideológicos, pouca gente pode negar que hoje se vive pior, em termos de riqueza interior, que em tempos idos. Hoje vale tudo em nome das "liberdades". Não há balizas. O que conta é o ter e não o ser.

Dir-me-ão que a liberdade tem destas coisas. Que "a democracia é a pior forma depois de todas as outras formas". Concordo. Desde que seja mesmo democracia e não "democracia", aquela máscara protectora que é feita à medida dos mais poderosos. Democracia onde os mais fracos, incluindo as crianças do meu país, sejam verdadeiramente protegidos.

O analfabetismo funcional, a mentira, a calúnia, a falta de honradez, o desrespeito pela vida e miséria alheias, etc., etc, etc., são moeda ruim que circula, hoje mais que nunca, nos caminhos das nossas vidas, quem sabe se por via do abandono a que foram votadas muitas crianças de ontem.

Ouvimos dizer, nos nossos dias, que a culpa do "Bullyng" está ligado ao abandono a que as crianças são sujeitas, pelo tipo de relações de trabalho a que seus pais são obrigados. Porque a rua e a televisão (sem vigilância) na maior parte dos casos, complementa o cenário de cada dia de uma criança.

É certo que se muitos pais falham na educação dos seus filhos ( e não só porque trabalham fora de casa) é porque não procuraram ler seja o que for sobre o desenvolvimento afectivo e caracterial de cada criança (apesar de lerem as "instruções" que acompanham os electrodomésticos ou os automóveis que adquirem); Se muitos professores falham é porque, apesar da sua boa-vontade e conhecimentos (quando os têm) lhes faltam directerizes precisas e porque muitas crianças já chegam à escola com excesso de "liberdades".

Mas eu, mal ou bem, atribuo a culpa principal ao tipo de sociedade que leva a esse "abandono": a americanização da cultura europeia (no sentido lato do termo). A este tipo de sociedade que leva muitas crianças a serem chantagistas, vingativas, cruéis e violentas para com outras crianças. Resumindo: atribuo a culpa à "democracia" que os senhores do grande capital nos estão a impor.

Admito não estar a analisar politicamente bem este problema, mas não me podem negar o direito de pensar que o "bulismo", em prática em quase toda a Europa, virá agravar ainda mais a vida, já insuportável, de muitos portugueses.

6 Comments:

At terça-feira, novembro 28, 2006 8:45:00 da tarde, Blogger CORCUNDA said...

Isto do Bullying para mim é novo, desconhecido (e julgava eu que andava mais ou menos informado...), mas se é como relatas, parece-me mais uma pacotilha importada do mesmo sítio de onde vieram o liquído para lavar motores vendido com palhinha, os ossos de galinha panados e os restos de carne picados dentro de carcaças.
Abraço.

 
At terça-feira, novembro 28, 2006 10:44:00 da tarde, Blogger Zé Lérias said...

É isso, corcunda ("deficiente", mas não da cabeça).
Toma um abraço!

 
At quarta-feira, novembro 29, 2006 12:26:00 da manhã, Blogger Belzebu said...

Não tenho a minima duvida que vai agravar, meu amigo. Mas ao analisarmos o fenómeno, somos confrontados com o facto de que uma percentagem grande dos "bulistas" virem da classe média/alta da sociedade.

A falta de valores e essencialmente de regras, associada á falta de tempo para acompanhamento do crescimento dos nossos jovens é capaz de ser a principal razão!

A responsabilização dos professores e da democracia é para mim um sacudir de responsabilidades!

Saudações infernais!

 
At quarta-feira, novembro 29, 2006 2:29:00 da manhã, Anonymous zecagallo said...

parece que é mesmo uma coisa séria isso do bulismo. nos grandes centros já se nota o recrudescer dessa nova doença made in usa.
todos (os que têm condições para isso) são poucos para exercerem vigilância e fazer pedagogia junto das nossas crianças.

HASTA SIEMPRE!

 
At quarta-feira, novembro 29, 2006 2:33:00 da manhã, Blogger Zéca Gallo said...

parece que é mesmo uma coisa séria isso do bulismo. nos grandes centros já se nota o recrudescer dessa nova doença made in usa.
todos (os que têm condições para isso) são poucos para exercerem vigilância e fazer pedagogia junto das nossas crianças.

HASTA SIEMPRE!

 
At sexta-feira, dezembro 01, 2006 11:16:00 da tarde, Blogger Ahlka said...

Acho que hoje em dia, já nem as instruções dos electrdomésticos ou carros se leiem... ;)
De qualquer forma, penso que a culpa é da sociedade em geral com éne factores que evoluiram até à distorção.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home