«A informação é uma guerra, uma guerra entre modelos sociais. Entre os defensores de um mundo desigual, injusto, governado por depravados e autênticos terroristas que impõem a sangue e fogo um modelo económico que condena à morte milhares de pessoas em todo o mundo, e aqueles que decidem estar ao serviço dos grupos, movimentos, intelectuais e outros lutadores, que todos os dias arriscam a vida a defender outro modelo de mundo possível.»
Pascual Serrano - José Daniel Fierro

REFORMAS E BAIXAS MÉDICAS EM PORTUGAL - escândalos!

__

COMER E CALAR! - até quando?


___________________________

quinta-feira, novembro 30, 2006

e o aborto?...

90 89 88 87 86 85 84 83 82 81 80 79 78 77 76 75 74 73 72 71 70 69 68 67 66 65 64 63 62 61 60 59 58 57 56 55 54 53 52 51 50 49 48 47 46 45 44 43 42 41 40 39 38 37 36 35 34 33 32 31 30 29 28 27 26 25 24 23 22 21 20 19 18 17 16 15 14 13 12 11 10 9 8 7 6 5 4 3 2 1 e 0
,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,

Invertamos a ordem natural do nascimento do homem. Já pensou como seria?


Se morressemos primeiro para nos livrarmos logo da morte;

Se ganhássemos um prémio pelos bons serviços prestados, antes de começarmos a trabalhar;

Se decorridos trinta e cinco anos, atingíssemos a reforma, depois de lutarmos muito em defesa do bem estar de toda a gente;
Se na reforma lessemos bons autores, ouvissemos boa música, vissemos bons filmes, fossemos a muitas festas, fizessemos muitas amizades, amassemos o nosso cônjuge e os nossos filhos e respeitassemos o nosso semelhante;
Se a seguir fossemos para a faculdade e continuassemos com as mesmas actividades lúdicas e virtudes anteriores, namorassemos muito e fossemos estudantes aplicados;

Se fossemos depois para o secundário, virando crianças, e não tivessemos responsabilidades, tornando-nos bébés de colo, voltássemos para o útero da mãe, passássemos os últimos nove meses de vida flutuando... E terminássemos com um bom orgasmo...

Ficaria algum tempo destinado ao aborto?

(adaptação de E-mail recebido)

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home