«A informação é uma guerra, uma guerra entre modelos sociais. Entre os defensores de um mundo desigual, injusto, governado por depravados e autênticos terroristas que impõem a sangue e fogo um modelo económico que condena à morte milhares de pessoas em todo o mundo, e aqueles que decidem estar ao serviço dos grupos, movimentos, intelectuais e outros lutadores, que todos os dias arriscam a vida a defender outro modelo de mundo possível.»
Pascual Serrano - José Daniel Fierro

REFORMAS E BAIXAS MÉDICAS EM PORTUGAL - escândalos!

__

COMER E CALAR! - até quando?


___________________________

domingo, janeiro 21, 2007

ABORTO II


Sou contra o aborto porque:

1º. As ciências não são unânimes na definição do conceito "VIDA" apesar de o intuir e de a estudar.
(se alguém souber do contrário agradeço que mo diga)
Dessa forma a ciência tem difculdade em ter uma posição objectiva e universalista sobre a interrupção da geração de uma VIDA.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Vida

2º. Não existe um conceito único e também universal para o conceito "SAUDE".

O conceito varia de acordo com algumas implicações legais, sociais e econômicas dos estados de saúde e doença.
O mais aceite é o da Organização mundial de Sáude que diz :
"um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não apenas a ausência de doença.".
Separa o "mental" (imaterial) do "físico" (material).

3º Conclui-se através de um estudo cientifico que "Abortos voluntários podem resultar em traumas psicológicos que levam pelo menos cinco anos para serem superados"
http://www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/story/2005/12/051212_abortoms.shtml

As causas mais profundas desconhecem-se pois estão no âmbito das questões de indole mental (espiritual) que a ciência ainda pouco conhece.

4. A Ciência Médica está em processo de mudança de paradigma no que concerne à profundidade das questões de índole espiritual.
(ex. mudança de paradigma: inclusão recente no Código Internacional de Doenças da Organização Mundial de Saúde -CID 10 - no ponto F44.3- "Estados de transe e possessão"... http://www.datasus.gov.br/cid10/webhelp/f44.htm).


5º O homem é constituido por Corpo (material) e Espirito (imaterial) e que muito pouco conhece sobre si mesmo.

6º A Ciência Moderna ainda não me deu resposta como se processa a fusão da Mente (espirito) com o Físico (matéria).

7º Parece-me lógico aceitar a probabilidade (por mais reduzida que seja) que essa fusão se inicie no momento da fecundação com a consequente multiplicação das células.

8º Adicionalmente desconheço as consequências que podem advir pela minha contribuição, ainda que indirecta, para a interrupção desse processo (aborto).

9º A minha mente (espirito) intui-me a racionalizar de acordo com as teorias de probabilidades pelo que meramente do ponto de vista racional (teoria das probabilidades de Pascal) opto por não contribuir ainda que indirectamente para a promoção legal do aborto já que essa decisão me colocará num campo de probabilidade cujas consequencias desconheço mas que me pode afectar negativamente.

10 º Os médicos fazem o juramento de Hipocrates que diz
"(...)não darei a nenhuma mulher uma substância abortiva(...)
http://www.gineco.com.br/jura.htm

15 Comments:

At domingo, janeiro 21, 2007 2:46:00 da manhã, Blogger Nitaiha said...

Um estudo feito com dignidade,e com respeito.Obrigado pelo seu trabalho.Espero que todos os interessados o leiam com atenção,para melhor formação e
esclarecimento, com dados,e sem radicalismos,que o mesmo seja util a quem não se deixe ir por partidarites.

 
At domingo, janeiro 21, 2007 2:57:00 da manhã, Blogger Zé Lérias said...

GANA:
Penso que Hipócrates era um homem inteligente, mas incapaz de escrever na sua época- com as vistas largas - como escreveu o nosso Luís Vaz de Camões na sua.

Se tudo se mantivesse estático, como seria desejo da maioria das religiões, ainda hoje havia circos para onde eram laçados às feras muitos seres humanos (para não falar das fogueiras da Inquisição).

O meu voto sobre a interrupção forçada da gravidez talvez seja NIM. Vamos ver.
Um abraço.


Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
Muda-se o ser, muda-se a confiança;
Todo o mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.

Continuamente vemos novidades,
Diferentes em tudo da esperança;
Do mal ficam as mágoas na lembrança,
E do bem, se algum houve, as saudades.

O tempo cobre o chão de verde manto,
Que já coberto foi de neve fria,
E em mim converte em choro o doce canto.

E, afora este mudar-se cada dia,
Outra mudança faz de mor espanto:
Que não se muda já como soía.

Luís de Camões


Continuação de bom fim de semana.
Um abraço

 
At domingo, janeiro 21, 2007 4:00:00 da manhã, Blogger EL HIPPIE VIEJO said...

HOLA ZÉ

TEMA POR DEMÁS POLÉMICO HAS PUESTO EN TU BLOG .

ENTIENDO PERFECTAMENTE TU PORTUÑOL , ASÍ QUE NO HAY PROBLEMAS .

QUE TENGAS UN BUEN FIN DE SEMANA

ADAL

PERDONÁ QUE NO TENGA OPINIÓN .

 
At domingo, janeiro 21, 2007 12:35:00 da tarde, Blogger o alquimista said...

A luz inundou o dia, no resto do vago que resta da noite, sons de melodia dolente que ecoaram por toda a lagoa...

Feiticeiro domingo

Abraço

 
At domingo, janeiro 21, 2007 10:16:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Anda tanta gente às voltas com um conceito e um acto q é da responsabilidade única de um ser e da sua consciência?!?
Que ideia incrível de fazer disto um assunto de consciência colectiva?!?

Boa semana!

 
At domingo, janeiro 21, 2007 10:17:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Ah! Sensibilizada pelo olhar poisado em meu espaço!

 
At domingo, janeiro 21, 2007 10:29:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Olá!Assuntos polémicos dão vida aos blogs!Há uns tempos atrás envolvi-me numa, num blog grego, muito visitado, com pessoas de todo o lado a darem opinião...aquilo era desgastante. O meu inglês já nem sequer chega para fundamentar com coerência o que quero dizer!!O assunto em causa era americanos versus islão. Serviu-me de emenda...Vim só espreitar o que se passa por aqui e desejar uma excelente semana ao amigo.

 
At segunda-feira, janeiro 22, 2007 1:11:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Hola Zé-lérias.

Yo estoy en contra del aborto. Y no por motivos religiosos. No.
Sino porque estoy a favor de la vida. De todo tipo de vida.
Si los médicos, hacen verdaderos esfuerzos, para conservar la vida de un casi moribundo, de un enfermo de cancer, sida etc, etc..y aunque el feto, no fuese persona aún..( hipótesis que no comparto) pero bueno , aún en ese caso.. ¿ Porqué no dar oportunidad a ese proyecto de vida, que no hay que hacer nada , más que dejarle seguir su proceso..)

Yo que defiendo la vida de cualquier animalillo ¿ Cómo no defenderia la de un ser humano?

Otra cosa es que se debe ayudar a las mujeres que estén en situaciones difíciles...Eso sí!

La verdad es que es un tema polémico. Pero yo no tengo duda. Me lo dice el corazón y me lo confirma la cabeza.

BESOS

 
At segunda-feira, janeiro 22, 2007 6:53:00 da tarde, Blogger Zéca Gallo said...

LLUVIA, tu a dis:

"...Yo estoy en contra del aborto. Y no por motivos religiosos. No.
Sino porque estoy a favor de la vida. De todo tipo de vida".

Allors, dis-moi, tu a jammais mangé des ouefs de poule(uevos de galina)?

 
At segunda-feira, janeiro 22, 2007 8:02:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Olá!Acrescentei o teu link no final do texto.Acho insuportável a forma como a comunicação social trabalha algumas situações.E a forma como as pessoas engolem tudo sem questionar!Não há tempo, a verdade é que não há tempo para ir à procura da informação,do acordão, e ler e pensar um bocadinho. O que é bom é ter a papa pronta.Até a minha mãe foi na cantiga e não pára de crucificar o pai(biológico) e os juizes e dizer que o casal é que é bom...Mas não leu o acordão. Pior: nem o quer ler porque acha que já sabe tudo!E eu com a minha formação legal, a que nem ligo a maior parte das vezes, mas que sempre me puxa a defender o sistema, mesmo que imperfeito....uf!Eu bem disse que não gosto de me envolver em pólémicas.

 
At segunda-feira, janeiro 22, 2007 9:59:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Ahahhah!Não sei se efectivamente promovo a boa reflexão...Mas o site das fraudes deve ser divulgado, sim.É claro que eu nunca iria reclamar qualquer prémio até porque não me tinha inscrito em nenhuma lotaria.Ma simagina que alguém recebe aquilo e vai na onda?!! Todavia abri o primeiro email porque dizia Online award algo muito semelhante a uma proposta que recebi de um site que é uma galeria e que ia promover uma Award junto dos artistas, mas esta verdadeira.E eu até sou cuidadosa a abir emails pois uma vez abri um postal e ele trazia um vírus danado.Como alguém comentou, é o lado negro da Internet-que a força esteja connosco!

 
At quarta-feira, janeiro 24, 2007 12:20:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Sou a favor do aborto. E da eutanasia e do suicidio.
Sou a favor da vida.... digna. E com alguma felicidade. E qualidade, tb.
Vidas demasiado sofridas, para não falar das mesmo miseraveis, isso sim, é o que eu não desejo a ninguém.
Sofrimento (fisico e psicologico), fome, frio, etc etc etc, isso é tudo o que me dói.
Entendo todos os que julgam a vida como o de amis sagrado. Não entendo porém a sua indiferença e inacção perante as vidas sofridas que os rodeiam...

Sobre a questão vida: respeito a ciencia, claro. Mas tb gosto de pensar por mim mesma.
Um coraçao a bater, nao significa vida, para mim. É um orgao, como outro qq, a funcionar.
Vida, não sei bem, talvez qd um ser tem consciencia dele prórpio? qd o seu cerebro é capaz de raciocinios por mais rudimentares que sejam? qd o seu todo é capaz de emoçoes e sentires?

Desculpa, foi um comentario um pouco apressado, nao sei se me soube explicar.

 
At sexta-feira, janeiro 26, 2007 2:34:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

se não defendemos a vida...para quê apregoar a liberdade?

 
At sexta-feira, janeiro 26, 2007 11:38:00 da manhã, Blogger Just an ordinary girl said...

Só para dizer que comentario das 12.20 é meu e pedir desculpa por não reparar que estava a postar anónima.

 
At sábado, janeiro 27, 2007 8:22:00 da tarde, Blogger Nitaiha said...

Ninguém é responsável pelos seus atos,só voçê mesma.Numca ouviu falar da causa efeito?Respeito a vida ,se oseu coraçao naõ tem valor!Como vive? o seu é artificial?

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home