«A informação é uma guerra, uma guerra entre modelos sociais. Entre os defensores de um mundo desigual, injusto, governado por depravados e autênticos terroristas que impõem a sangue e fogo um modelo económico que condena à morte milhares de pessoas em todo o mundo, e aqueles que decidem estar ao serviço dos grupos, movimentos, intelectuais e outros lutadores, que todos os dias arriscam a vida a defender outro modelo de mundo possível.»
Pascual Serrano - José Daniel Fierro

REFORMAS E BAIXAS MÉDICAS EM PORTUGAL - escândalos!

__

COMER E CALAR! - até quando?


___________________________

sábado, fevereiro 11, 2006

CARTA ABERTA ao n/ JPP


Marinha Grande 12 de Fevereiro de 2006

Exmo. Senhor
João Paulo Pedrosa
Marinha Grande

Exmo. Senhor:

Antes do mais, as minhas cinceras desculpas pelo tempo precioso que certamente lhe irei tomar.

Assim, permito-me vir à presença de V.Exª. para lhe dar conta dos sentimentos contraditórios, que me invadiram, aquando da leitura das "postagens" que a seguir identifico:

Em 2 de Novembro do ano passado, li, extasiado, o que "postou" no Blog Marinha Grande Que Futuro integrado no texto inicial "os Pelouros";

Já em 11 de Fevereiro (ontém), li, desiludido, o "seu" texto intitulado Comunicado-Convite aparecido no seu Blog Praça Stephens.

O primeiro revela um forte carácter. O carácter traquina de quem não gostou que lhe tivessem roubado o brinquedo. Foi "olho por olho dente por dente". Não foi assumidamente a favor de uma liberdade de expressão qualquer.
Como diria o meu velho amigo abade Araújo, quando foi vítima de insinuações torpes: - "democracia sim, mas devagar!"
Achei bem.

O segundo, que "subscreveu", já é uma "calamidade"... mesmo que revestido de palavras alheias.
Neste, assume-se, sem tibiezas, indubitavelmente pluralista e democrata, como se tivesse necessidade de o provar. Assumidamente defensor da total liberdade de expressão.
Como diria o conhecido Carrajolas quando, no seu tempo, via um qualquer abaixo assinado: "estes gajos pertencem à escumalha comuna, não tarda que vão dentro!"
Achei mal.

Estarei a raciocinar bem?
Esta interrogação leva-me, óbviamente, a dar-lhe o benefício da dúvida, na esperança de o continuar a admirar.

Peço-lhe, pois, encarecidamente - se para tanto me achar merecedor - que me esclareça se há ou não contradição entre as suas duas tomadas de posição, para bem da minha saúde mental, que, como sabe, é muito precária...

Ciente de que não deixará de encontrar - como sempre - uma resposta adequada com vista a não perdermos muitos votos em eventuais eleições, subscrevo-me com toda a admiração e respeito,

Zé Lérias

Anexos: Dois
(Sugiro-lhe, para facilitar, que leia o anexo 2º. em primeiro lugar).

,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,

ANEXO 2º.
:

Do Blog "Praça Stephens" Título: Comunicado Convite ( ver todo o texto em: http://blog.luispedro.org/ ), de Quinta-feira, Fevereiro 09, 2006

"Na próxima 5ª feira, 9 de Fevereiro, pelas 15 horas, um grupo de cidadãos portugueses irá manifestar a sua solidariedade para com os cidadãos dinamarqueses (cartoonistas e não-cartoonistas), na Embaixada da Dinamarca, na Rua Castilho nº 14, em Lisboa.
Convidamos desde já todos os concidadãos a participarem neste acto cívico em nome de uma pedra basilar da nossa existência: a liberdade de expressão. (...)

"(...) Não discutimos o direito de alguém a sentir-se ofendido. Mas consideramos inaceitável que um suposto ofendido se permita ameaçar, agredir e atentar contra a integridade física e o bom nome de quem apenas o ofendeu com palavras e desenhos num meio de comunicação livre.
Não esqueçamos que a sátira - os romanos diziam mesmo "Satura quidem tota nostra est" - é um género particularmente querido a mais de dois milénios de cultura europeia, e que todas as ditaduras começam sempre por censurar os livros "de gosto duvidoso", "má moral", "blasfemos", "ofensivos à moral e aos bons costumes".
Apelamos ainda ao governo da república portuguesa para que se solidarize com um país europeu que partilha connosco um projecto de união que, a par do progresso económico, pretende assegurar aos seus membros, Estados e Cidadãos, a liberdade de expressão e os valores democráticos a que sentimos ter direito.
Pela liberdade de expressão, nos subscrevemos Rui Zink (916919331)Manuel João Ramos (919258585)Luísa Jacobetty..."

João Paulo Pedrosa
publicado por Praça Stephens @ 01:09 "

,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,


ANEXO 1º.:

Do Blog "Marinha Grande que Futuro":
Título: Os pelouros, de
Quarta-feira, Novembro 02, 2005

PS/Marinha Grande said...
A escumalha comuna tinha que vir cá colocar o seu veneno. O blog deste cavalheiro de cima passa o tempo todo a insultar-me de forma rasteira, mas não me ofende qualquer animal rastejante. Este fulano, que não me conhece de lado nenhum, fica a saber que não tirei nenhum curso nos países de leste à custo dos desgraçados que lá morriam à fome. Estudei em Portugal e fui sempre bolseiro da UTL; alcancei um emprego por concurso público e, depois de sair da câmara, recebi cerca de uma dezena de propostas para gerir serviços desde a CCRcentro, a direcções regionais, seviços desconcentrados, etc, e, talvez aquele que mais lhe dói saber, como todos os invejosos, é que fui convidado para uma distinta função no governo. Mas acontece que, ao contrário dos membros do seu partido que só conseguem arranjar emprego em câmaras quando voces lá estão e depois blindam-nas como se fossem sedes do KGB (e olhe que não são tão poucos como isso), eu não preciso da câmara para viver, apenas me disponibilizei para trabalhar e ajudar o meu concelho e é para me manter fiel a esse compromisso que não aceitei ir para o governo em Lisboa. Mas isso para a clique de oportunistas que vagueiam pelo seu partido e que só comem à ma(M)jedoura das câmaras pcp, isto deve ser muito difícil de compreender.

Já agora, faço-lhe um desafio que v. deve ter coragem de aceitar. Seja para que lugar eu for da administração, a partir de janeiro abrem os concursos publicos de acesso, gostaria muito de me bater consigo, com a sua capacidade e com o seu curriculo

PS - o post anterior tinhas algumas gralhas e para facilitar não fiz a identificação com registo do meu blogue que vai agora, obviamente que o comentário antes do carlitos não é meu e para evitar mais confusões
6:22 PM

2 Comments:

At sábado, fevereiro 11, 2006 11:01:00 da tarde, Anonymous A.Santos said...

É curial a sua dúvida Zé Lérias.
Vou tentar que alguém mais leia a sua carta.

 
At domingo, fevereiro 12, 2006 2:30:00 da manhã, Blogger Praça Stephens said...

caro Zé Lérias, seja lá você quem seja...
Não vejo onde é que está o seu ponto (ou o meu) de divergência. Eu sou a favor da liberdade de expressão o que não quer dizer que concorde substantivamente com tudo o que ela permite. Desagradam-me, por exemplo, as teorias negacionistas do holocausto (e por elas, num qualquer texto, poderia utilizar uma adjectivação forte para quem as proferisse). Por outro lado, na caixa de comentários do Praça Stephens, em troca de opiniões com o Padre Nelson, pode constatar que defendo a liberdade de expressão fundada na divergência do pensamento, mas repudio a calúnia e a ofensa sobre a probidade e o carácter das pessoas quase sempre esgrimido de forma gratuita. E isso era, justamente, o que estava a acontecer em relação à minha pessoa de que a história da mobília foi apenas um exemplo. Mais, esses insultos não se faziam porque tal ou tal pessoa tivesse algo de pessoal contra mim, não, são ataques pessoais com o objectivo de alcançar propósitos políticos o que é ainda mais grave (o facto de quase seis meses depois das eleições autarquicas a actual maioria do PCP não ter apresentado uma, apenas uma, medida ou iniciativa para o concelho, talvez seja revelador da razão de se fazerem ataques pessoais em vez de propostas políticas...).

Agradeço, já agora, as suas preocupações em encontrar pontos de divergência nos meus textos, o que revela que você é uma pessoa atenta e interessada. pena é que tenha ficado calado quando textos insultuosos sobre a minha pessoa e, sobretudo, quando a fatha que o PCP declarou ao Padre Nelson por ele ter dito bem do trabalho do PS na câmara.

João Paulo Pedrosa

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home