«A informação é uma guerra, uma guerra entre modelos sociais. Entre os defensores de um mundo desigual, injusto, governado por depravados e autênticos terroristas que impõem a sangue e fogo um modelo económico que condena à morte milhares de pessoas em todo o mundo, e aqueles que decidem estar ao serviço dos grupos, movimentos, intelectuais e outros lutadores, que todos os dias arriscam a vida a defender outro modelo de mundo possível.»
Pascual Serrano - José Daniel Fierro

REFORMAS E BAIXAS MÉDICAS EM PORTUGAL - escândalos!

__

COMER E CALAR! - até quando?


___________________________

quinta-feira, novembro 22, 2007

a cegueira

Nós, os ocidentais, como os outros povos, temos o mau hábito de aferirmos as virtudes e defeitos dos outros à luz da cultura que nos "impuseram".
Condicionaram-nos assim, subliminarmente, sem darmos conta que fomos programados para defender, não os nossos verdadeiros interesses de cidadãos comuns, mas os dos que detêm o poder económico e por via deste o político também.
Vemos as atrocidades cometidas no Próximo Oriente, Médio oriente e Extremo Oriente e ficamos horrorizados.
Porém "achamos normal" aquelas que o nosso livre e democrático mundo ocidental perpetra contra os mais fracos, também todos os dias. E já nem falo do desemprego, dos salários em atraso, dos serviços hospitalares e escolas fechadas, etc, etc. Falo do desamor às crianças.

Por isso não me admiraria nem um pouco se, no Próximo Oriente, no Médio Oriente e no Extremo Oriente, passassem este vídeo que desvenda um pouco da máscara da democracia Ocidental ou "ocidentalizada".
Vermos o argueiro no olho alheio e não ver a trave no nosso, é o resultado da nossa condicionada cegueira... por isso, nós como os orientais, temos o que merecemos.

Etiquetas: ,

4 Comments:

At quinta-feira, novembro 22, 2007 7:21:00 da manhã, Blogger ANNA-LYS said...

Hello,
My computer have such small memory so I can't watch the YouTube.

" I speak of the lovelessness to the children." You say above in the post. This is a very, very important issue. Why do we always project our problems in our head out in the hand ... and towards those that can't defend themselves?

(The voice on Your player ... who is it? and what is the content about?)

 
At quinta-feira, novembro 22, 2007 4:37:00 da tarde, Blogger zé lérias said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At quinta-feira, novembro 22, 2007 4:47:00 da tarde, Blogger zé lérias said...

Translation (Used the translater of the right hand column of my blog, sorry) of post to atention my friend Anna-Lys:
We, the occidental people, as the other peoples, we have the bad habit to survey the virtues and defects of the others to the light of the culture that have "imposed" to usCondition-in thus, subliminarmente, without giving account that we were programmed to defend, not them our true interests of common citizens, but of whom they withhold the economic power and for it also saw of this the politician.
We see the atrocities committed in the Next East, Medium has guided and Extremity East and is horrified.
However “we also find” those normal that ours it exempts and democratic world occidental person perpetrates against weakkest, every day. Already nor I speak of the unemployment, the wages behind schedule, the hospital services and closed schools, etc, etc. I speak of the lovelessness to the children.
Therefore it would not admire me nor a little if, in the Next East, the Average East and the Extreme East, they passed this “ocidentalizada” video that unmasks a little of the mask of the democracy Occidental person or.
We see the "argueiro" (particle plant) in the other people's eye and not to see the beam in ours, are the result of our conditional blindness… therefore, we, as the orientals,
have what we deserve.

 
At sexta-feira, novembro 23, 2007 10:13:00 da manhã, Blogger Cucagaio said...

Fui desafiado nestes termos, e por isso passo a batata quente para ti
... By the way, foste desafiado para publicares a 5ª frase da página 161 de um livro ao calhas e depois desafiar outros 5 bloggers à escolha! ...

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home