«A informação é uma guerra, uma guerra entre modelos sociais. Entre os defensores de um mundo desigual, injusto, governado por depravados e autênticos terroristas que impõem a sangue e fogo um modelo económico que condena à morte milhares de pessoas em todo o mundo, e aqueles que decidem estar ao serviço dos grupos, movimentos, intelectuais e outros lutadores, que todos os dias arriscam a vida a defender outro modelo de mundo possível.»
Pascual Serrano - José Daniel Fierro

REFORMAS E BAIXAS MÉDICAS EM PORTUGAL - escândalos!

__

COMER E CALAR! - até quando?


___________________________

quinta-feira, setembro 24, 2009

SPAM SPAM SPAM

Esta coisa de uma pessoa ter de pagar direitos para ouvir, ver, ler e tocar mete-me um pouco de impressão.

É que há coisas (sons, ideias, imagens, cheiros, etc.) que eu não pedi a ninguém e me são servidos tal e qual mensagens Spam.

E se o spam é regulado porque razão o resto não o é ?

Se há reguladores que pensam em formas de perseguir e controlar as pessoas nas diferentes utilizações de sons, vídeos, imagens e até cheiros, porque razão não hão-de estes senhores se preocupar com tudo o que não encomendei e que me incomoda profundamente ?

Dizem que se preocupam com a propriedade intelectual.
Coisa estranha esta. Primeiro privatizaram a intelectualidade (sem me avisar) e agora controlam a forma como a uso.

Mas quem lhes deu autorização para privatizar a minha intelectualidade ?
O meu ouvido. O meu olho. O meu nariz. O meu tacto.

Neles mando eu.

Se eu não pedi publicidade, imagens, cheiros porque razão não me pagam quando me entram pela minha intelectualidade a dentro ?

Quem lhes deu autorização para usarem os meus sentidos?

Faço aqui um apelo a todos os cidadãos para que se organizem em defesa dos nossos sentidos!!!

Exijamos que nos paguem pelos direitos de uso dos nossos sentidos. Pelas coisas, sons, cheiros e imagens que não pedimos e que somos obrigados a consumir.

Só assim podemos ser coerentes com a defesa dos direitos de uso.

Senhores da SPA e afins paguem-nos se faz favor.

Sejam coerentes.

Paguem-nos.

Etiquetas:

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home