«A informação é uma guerra, uma guerra entre modelos sociais. Entre os defensores de um mundo desigual, injusto, governado por depravados e autênticos terroristas que impõem a sangue e fogo um modelo económico que condena à morte milhares de pessoas em todo o mundo, e aqueles que decidem estar ao serviço dos grupos, movimentos, intelectuais e outros lutadores, que todos os dias arriscam a vida a defender outro modelo de mundo possível.»
Pascual Serrano - José Daniel Fierro

REFORMAS E BAIXAS MÉDICAS EM PORTUGAL - escândalos!

__

COMER E CALAR! - até quando?


___________________________

quinta-feira, maio 17, 2007

para além da dor

Close up of right eye


olho direito de Maddie, pupila derramada para a íris .

Un rasgo inconfundible es el ojo derecho de Madeleine (pupila derramada hacia el iris).
Madeleine´s right eye is unusual! ...




COM A DEVIDA VÉNIA REPRODUZ-SE:


"O que eles dizem de nós
Há uma preocupação nacional com aquilo que os estrangeiros dizem de nós. Não deve haver outro povo que dê tamanho valor à opinião dos "gringos". Será, talvez, um resquício da antiquíssima grandeza do País, dos tempos das navegações e do império comercial. Já lá vão séculos. E findo o esplendor, ficou apenas a vaidade de meter, aos de fora, respeito e admiração. Por isso os turistas dizem que os portugueses são "gentis", não sonhando sequer como, entre nativos, as coisas não se passam assim. É a necessidade de impressionar forasteiros para que não falem mal de nós. Porque para dizer mal de nós, estamos cá nós. Ontem, ouvi, na rua, uma senhora dizer que não aguentava "as notícias sobre a menina inglesa", pelo dó que lhe causavam, e acrescentava que só via "as notícias dadas pelos ingleses "para ver" o que eles dizem de nós". Alguém que explique isto, por favor.

Bilhete Postal
Leonor Pinhão"

Etiquetas:

3 Comments:

At quinta-feira, maio 17, 2007 4:59:00 da tarde, Blogger Cucagaio said...

A situação em si, o desaparecimento da criança, é um facto triste, e que julgo todos queremos ver solucionado a breve prazo. Mas devo admitir que começo a ficar farto do festival televisivo à volta desta situação, razão tem os pais de crianças portuguesas para se queixar, não da policia, mas dos orgãos de comunicação social.
Quanto ao que os ingleses dizem de nós, pouco interessa, nunca liguei a opinião deles, não é agora que vou começar.
Um abraço

 
At sexta-feira, maio 18, 2007 7:44:00 da manhã, Blogger LLUVIA said...

Hola Zé-lérias

He oido en las noticias, que se ha encontrado a un sospechoso de la desaparición de la niña inglesa..Lo importante es que aparezca la niña!

En cuanto a lo que piensen los demás..pufff Todos los paises tienen, tenemos, algun suceso vergonzante.. Mira hace unos años aquí, en un pueblo de Andalucía , un ingles mató a tres chicas de 18 a 20 años.

Me parece que hombres desalmados los ha habido y los hay , en todas las culturas y en todos los pueblos.. así que preocuparse por lo que digan los demás de nosotros es darles demasiada importancia a los demás. ¡SOMOS COMO SOMOS!

Te dejo um forte abraço

 
At sexta-feira, maio 18, 2007 9:51:00 da tarde, Blogger Zé Povinho said...

Que importa o que os outros digam de nós, o assunto do desaparecimento da menina é que é importante. Ela e a família é que precisam de ajuda e essa não depende da nacionalidade nem benefia com qualquer tipo de complexos.
Abraço

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home