«A informação é uma guerra, uma guerra entre modelos sociais. Entre os defensores de um mundo desigual, injusto, governado por depravados e autênticos terroristas que impõem a sangue e fogo um modelo económico que condena à morte milhares de pessoas em todo o mundo, e aqueles que decidem estar ao serviço dos grupos, movimentos, intelectuais e outros lutadores, que todos os dias arriscam a vida a defender outro modelo de mundo possível.»
Pascual Serrano - José Daniel Fierro

REFORMAS E BAIXAS MÉDICAS EM PORTUGAL - escândalos!

__

COMER E CALAR! - até quando?


___________________________

domingo, janeiro 15, 2006

Charlie e a fábrica de Chocolate


Acredito que este filme só é infantil para quem não quer ver a profunda e mordaz crítica:
à educação paternal vazia; ao consumismo rídiculo; à televisão sem-conteúdo; ao emprego precário; à publicidade enganadora; à cobiça; ao estereótipo de beleza e sucesso; ao egoísmo; à presunção; ao jogo,etc....

É um alerta. É um alerta para quem educa. Para os pais, mas também para os políticos e empresários que nos controlam.

Será que aos poucos estamos a transformar a Família num verdadeiro Agente Económico. Que não pensa, que não tem vida e que é apenas fonte de : força de trabalho, audiência para televisão, receita de vendas e impostos, problemas laborais, crises sociais, despesa pública, etc. ?

Será que não é dela que tudo nasce e que a ela tudo se deve?

Será que o capitalismo selvagem teve amor à nascença ?

Para mim a verdadeira mensagem do filme está na última cena.

Pronto.Tenho dito. : )

3 Comments:

At terça-feira, janeiro 17, 2006 12:39:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Gostei da tua crítica ao filme.
Só espero não me desiludir e dar por mal empregue o custo do aluguer.
Onde está disponível?
Xequim Farra

 
At quarta-feira, janeiro 18, 2006 9:30:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

..a 25 paços.

XeQuim porra

 
At sexta-feira, janeiro 20, 2006 4:50:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

tá bem zé ameixa!

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home